terça-feira, 26 de setembro de 2017

Redação nota 1000 – Desigualdade social no Brasil

Este ano teremos uma série de postagens de redações que atingiram nota máxima, considerando os critérios do Enem e ou de importantes vestibulares do Brasil.

A redação a seguir foi proposta e corrigida pelo professor Antônio Carlos Rocha do terceiro ano do Ensino Médio da Escola Barão.

Desigualdade social no Brasil

Por Filipe Eduardo Skorek Batista

A desigualdade entre as camadas sociais está presente no contexto brasileiro desde o seu descobrimento. A exploração dos escravos no período colonial e a situação de pobreza extrema presente tanto nas grandes cidades quanto no interior são exemplos, um histórico e outro atual, que explicitam o fato de que o Brasil é um dos países mais desiguais do mundo, cenário que precisa ser mudado.

Desigualdade - Paraisópolis - Morumbi
Segundo uma matéria do jornal “O Globo”, o Brasil é o décimo país mais desigual do planeta. Essa situação é gerada e agravada pela má distribuição de renda e pela baixa oferta de empregos à população, que afeta, além da qualidade de vida do cidadão, a situação econômica do país, que remedia a problemática através de políticas assistenciais que não se mostram eficazes contra a disparidade econômica nacional.

Além disso, a má gestão de impostos e a não aplicação do dinheiro público em medidas que diminuiriam eficazmente a desigualdade social e auxiliariam a economia, como o incentivo ao microempreendedorismo e a reforma agrária, agrava o cenário. Isso faz com que recursos importantes sejam desperdiçados com ações fúteis do governo que acabam servindo como pano de fundo para atos corruptos e desvios de verba constantemente.

Portanto, para que haja uma eficaz redução da desigualdade social no Brasil, deve-se repensar e aumentar os investimentos nessa área, através de um maior incentivo ao empreendedor e à reforma no campo, gerando, consequentemente, empregos e uma diminuição efetiva na disparidade social. Ademais, é necessário aprimorar a qualidade da educação pública, além de ampliar o acesso à mesma, para que todos os cidadãos tenham as mesmas oportunidades, visando tornar a sociedade mais igual e, principalmente, mais justa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário